fbpx

Post

Edição do curso Culinária Detox aconteceu nesse sábado

Você reflete, frequentemente, sobre a maneira como está se alimentando? Ou a alimentação, na sua vida, é um assunto secundário que recebe pouca, ou  nenhuma, atenção e planejamento da sua parte? Esses são alguns dos questionamentos que motivaram, inicialmente, a existência do curso Culinária Detox, que ocorreu nesse sábado, na Longevittá, segundo seu idealizador, Dr. Paulo Salustiano, médico e CEO da clínica.

“Esses questionamentos têm se tornado cada vez mais presentes no cotidiano brasileiro, dentre uma série de fatores, graças à tendência de dietas criativas e  diferentes, que surgem aos montes a cada minuto, na internet. Está na moda planejar a própria alimentação seguindo uma dieta específica” explica. Uma das
mais, senão a mais famosa dessas dietas é a detox.

Termo bastante comentado na última década, detox significa, literalmente, desintoxicação. A dieta consiste, basicamente, na crença de que excessos alimentares acarretam um acúmulo de toxinas – compostos presentes nos alimentos que não fazem bem ao corpo, mas deixam ele pesado e cansado – que pode ser eliminado através de uma dieta desintoxicante (daí o nome).

Imagine que o corpo humano seja uma pia de cozinha. O ralo da pia representa os rins e a encanação o fígado. Com o tempo, detritos se acumulam nos canos  da pia, reduzindo cada vez mais a capacidade de escoamento da mesma, até o ponto em que o ralo também entope e fica incapaz de filtrar qualquer líquido que seja.

É assim com o nosso corpo também: após receber uma quantidade massiva de detritos alimentares, como gorduras ruins e outras substâncias industrializadas, o fígado fica pesado e com capacidade de funcionamento reduzida, o que influencia diretamente na integridade de outros órgãos, como os rins, que também passam a funcionar com capacidade reduzida.

Nessa realidade preocupante, a dieta detox surge, para muitos, como um mecanismo de emergência, uma espécie de desentupidor de pia que vai forçar  a eliminação da massa prejudicial acumulada pelo corpo. No entanto, alguns efeitos negativos de uma alimentação ruim e contínua podem ser definitivos, reduzindo a saúde do indivíduo de maneira permanente.

Por isso mesmo, é que a dieta detox é recomendada como medida preventiva, uma alternativa de alimentação saudável que visa cuidar do corpo de antemão e evitar que muitas complicações de saúde surjam futuramente, através da constante desintoxição e limpeza do corpo. A dieta detox é um importante mecanismo de engenharia alimentar – você cuida e trata o seu corpo, através da alimentação.

O curso aconteceu no dia 25 de maio, das 8h30 às 11h30, na Clínica Longevittá.

Adicionar comentário