Single post

Liberação Miofascial pode ter ajudar a ter menos dores e lesões

A fáscia é uma membrana do tecido conjuntivo, localizada logo abaixo da pele, extremamente resistente e elástica. É comparável a uma capa que recobre e protege todos os músculos do corpo, permitindo o deslizamento perfeito.

Dependendo dos movimentos do corpo, a fáscia pode sofrer lesões que atrapalham ou até mesmo impedem o trabalho dos músculos, causando muita dor.

A liberação miofascial visa não só corrigir as alterações miofasciais mas também as alterações fasciais existentes no corpo.

O seu objetivo é alterar a fáscia, devolvendo-lhe a elasticidade e flexibilidade perdidas, pondo fim às dores sejam elas crônicas ou não, sejam dores fasciais ou miofascial.

Esta abordagem permite fazer muitas coisas mais, além da eliminação da dor, uma vez que a fáscia está presente em todo o corpo desde a cabeça aos pés e é responsável por muitos problemas do corpo e dos nossos órgãos.

Causas das dores

Como percorre o corpo todo e está relacionada aos movimentos, a fáscia pode sofrer alterações devido a uma série de fatores: treinos muito intensos, prática esportiva não supervisionada, maus hábitos posturais, padrão de movimento incorreto. Outras causas como estresse e desgastes emocionais também podem afetar a fáscia e causar dor.

O corpo reage a estas alterações formando nódulos, que são chamados de pontos gatilhos (trigger points). Eles acumulam toxinas e prejudicam o bom funcionamento do sistema musculoesquelético. Também alteram a coordenação, a flexibilidade e a força muscular.

A partir daí o ciclo: “desgaste –> formação de nódulos –> dificuldade de movimento-> desgaste”, vai culminar no aparecimento de lesões, prejudicando o rendimento físico e a qualidade de vida.

A liberação miofascial (mio =músculo+ fáscia = tecido conectivo) trabalha para liberar essas restrições.

Os benefícios da liberação miofascial

A liberação miofascial é uma técnica que libera as tensões e realinha o corpo. Esse objetivo é alcançado pressionando-se alguns pontos do corpo para que haja maior liberdade entre o músculo e a fáscia. Os benefícios são vários, dentre eles:

  • Liberar as tensões e dores musculares crônicas;
  • Liberar o movimento das articulações e melhora a flexibilidade;
  • Modificar a distribuição da massa muscular;
  • Melhorar a circulação e a respiração;
  • Promover mudanças progressivas nos níveis físico e emocional;
  • Aumentar a consciência corporal.
  • Promover maior mobilidade e amplitude de movimento

 Liberação miofascial antes ou depois do treino?

Não há um horário ideal para realizar as massagens de liberação miofascial. Ela pode ser realizada no pré-treino, pós treino, ou em outros horários do dia

Quando realizada no pré-treino:

  • Aumenta a mobilidade articular
  • Favorece execução dos movimentos
  • Diminui a sobrecarga e tensão músculo articular.
  • Libera e ativa os músculos
  • Prepara a musculatura que vai ser trabalhada

 Quando realizada no pós treino:

  • Relaxa a musculatura
  • Ajuda na recuperação das micro lesões das fibras musculares
  • Ajuda a diminuir as tensões musculares
  • Ajuda na recuperação muscular e evitar dores tardias
  • Previne lesões
  • Proporciona bem-estar

 Contra-indicações da liberação miofascial

Em geral é um procedimento que pode ser realizado sem grandes restrições. Porém quem estiver nos grupos abaixo deve evitá-lo:

  • Problemas circulatórios ou inchaço
  • Hipersensibilidade à dor
  • Lesões musculares ou ósseas diagnosticadas
  • Pessoas que fazem uso de medicamentos anticoagulantes.
  • Regiões do corpo recentemente feridas ou com hematoma
  • Mulheres no primeiro trimestre da gravidez

Leave a Comment