Single post

Tratamento de dores por meio da Osteopatia

Você já sentiu alguma dor na coluna? Se a resposta foi sim, saiba que você não está sozinho. É muito comum encontrarmos pessoas que sofrem ou já sofreram com dores nas costas. Em maior ou menor intensidade, a maioria da população é afetada pela lombalgia ou dor na região da lombar e, também, pela cervicalgia, a dor na região cervical, trapézio e ombros.


Na grande maioria das vezes, a localização e os sintomas na coluna vertebral são consequências de alguma disfunção, como desequilíbrios posturais, musculares, viscerais, independente do tecido acometido. Ou seja, as dores sobre a coluna lombar podem ter diversas causas, como: tensões ligamentares, contraturas musculares, desgastes nas facetas articulares, colites funcionais, alterações viscerais, hérnias de disco, entre outras.


De acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), 85% da população vai viver ao menos um episódio de dor nas costas ao longo da vida. Entre os brasileiros, ela é considerada uma das mais fortes. As conclusões são da pesquisa “Dor no Brasil”, realizada em parceria entre a Pfizer e o Ibope com 1.400 pessoas de nove capitais do país. Cerca de
69% dos entrevistados consideram a dor na coluna ou nas costas uma dor crônica, pois sofrem do problema há mais de um ano. A pesquisa constatou também um alto índice de automedicação. Quando sentem uma dor reincidente, 64% dos entrevistados procuram resolver o problema sozinhos, geralmente por meio de remédios. Mas, quando a dor é desconhecida, 66% dos brasileiros procuram ajuda médica.


Agora pare para analisar a sua postura durante todo o dia. Você realmente de preocupa com sua forma de andar, se sentar, deitar e descansar? É preciso investigar e se informar. Por exemplo, um simples passatempo de mexer no celular pode ser a sua causa do problema.  De acordo com o a pesquisa de marketing móvel divulgada em 2016, o brasileiro gasta em média 3h14 no smartphone. A postura errada aumenta a pressão sobre os discos intervertebrais, resultando também em dor.


Uma opção para o tratamento de dor nas costas é a osteopatia, um método de avaliação, diagnóstico e tratamento muito eficaz. É uma técnica de terapia manual, sem utilizar qualquer tipo de aparelho eletrônico, apenas as mãos.


A osteopatia é um tratamento surgido nos EUA, criado pelo Dr. Andrew Taylor Still(1828-1917), que apresentou os princípios desta terapia natural. Ele não possui contra indicações absolutas e pode ser realizada por pessoas de todas as idades, respeitando sempre os limites de cada indivíduo.


A principal diferença entre a fisioterapia convencional e a osteopatia é o raciocínio clínico voltado para a causa dos sintomas, integrando os sistemas muscular, visceral e craniano.


A osteopatia possui um diagnóstico diferenciado, exclusivo para cada paciente, dependendo da avaliação – a parte mais importante de um tratamento. Dessa forma, o fisioterapeuta poderá detectar as possíveis causas para as dores.


É o tratamento por meio do equilíbrio. Viver com dores beira o insuportável e a sua qualidade de vida declina com o passar dos dias. Faça uma avaliação e estimule o seu corpo a viver com mais saúde e sem dores.

 

Solaine Rios – Fisioterapeuta (Crefito: 204954-F)

Leave a Comment